Os 11 Melhores Polivitamínicos Para Adolescência em 2024

Tudo em um só lugar, lista completa e atualizada + guia com dicas e muito mais!
melhor polivitamínico para adolescência

A fase da infância e adolescência é crucial para o desenvolvimento e crescimento saudáveis, onde a nutrição desempenha um papel fundamental.

É por isso que os polivitamínicos surgem como uma opção para garantir que eles recebam os nutrientes necessários para um desenvolvimento ideal.

Neste artigo, você compreenderá a idade adequada para começar a utilizar vitaminas, as possíveis consequências, os sinais clínicos relacionados e como a escolha das vitaminas varia conforme a faixa etária.

Além disso, entenderá a relação entre as vitaminas e fatores como o apetite, crescimento, desempenho acadêmico e bem-estar geral dos jovens.

Para apoiar a sua tomada de decisão, oferecemos informações detalhadas sobre cada produto, destacando seus prós e contras.

Dessa forma, você terá uma visão abrangente sobre as opções de polivitamínicos disponíveis no mercado. Confira!

Polivitamínicos para as crianças e adolescentes

O uso de polivitamínicos na dieta de crianças e adolescentes visa garantir o desenvolvimento e funcionamento adequado do organismo nessa fase de crescimento.

Os nutrientes essenciais presentes nos polivitamínicos incluem vitaminas A, C, D, E, K, vitaminas do complexo B e minerais como cálcio, ferro e zinco.

Apesar de uma alimentação equilibrada fornecer a maioria dos nutrientes necessários, existem situações específicas em que a suplementação pode ser recomendada, como restrições alimentares, crescimento comprometido ou necessidades nutricionais especiais.

Por isso, consultar um médico ou nutricionista antes de iniciar a suplementação é importante para avaliar as necessidades individuais e recomendar a dosagem adequada de polivitamínicos.

1. Alpha Kids Frasco 84 g

Este suplemento contém vitaminas e minerais essenciais para várias funções vitais do corpo.

Inclui vitaminas do complexo B (B1, B2, B3, B5, B6) e ferro para o metabolismo energético. As vitaminas A, B3, B2, biotina, zinco e vitamina C, que são essenciais para pele, unhas e cabelo, com destaque para a vitamina C na formação de colágeno.

Além disso, inclui vitaminas D e K, com zinco, que mantêm a saúde óssea, enquanto A, B2 e zinco são importantes para a visão

Também possui vitaminas que ajudam no sistema imunológico, saúde sanguínea e contra o estresse oxidativo.

Assim, para obter os melhores resultados, ele deve ser consumido próximo às refeições, seja antes ou depois delas. Isso pode auxiliar na absorção dos nutrientes presentes nas cápsulas.

Elas podem ser engolidas acompanhadas por líquidos ou mastigadas, proporcionando flexibilidade no momento da ingestão.

Informações técnicas:

  • Marca: Puravida
  • Cor: Sem cor
  • Faixa etária: Crianças a partir de 4 anos
  • Formato: Cápsulas
  • Contagem de unidades: 150
  • Sugestão de uso: 4 a 6 anos: 2 cápsulas ao dia; 7 a 10 anos: 3 cápsulas ao dia; 11 anos ou mais: 5 cápsulas ao dia

Prós: variedade de vitaminas e minerais, facilidade de uso, suplementação e conveniência

Contras: o uso excessivo pode levar a um consumo exagerado de nutrientes

VERIFIQUE O PREÇO ATUAL

2. Vitamini C 60 Gomas – Imunidade – Essential Nutrition

Este produto está disponível nos sabores morango, manga e maçã verde, e se apresenta na forma de gomas com formato de ursinhos, tendo a vitamina C como seu principal componente.

Ela contribui para o sistema imunológico, participa do metabolismo energético e da quebra de proteínas e gorduras, além de ser essencial para a formação do colágeno e a absorção de ferro dos alimentos.

Também atua como um antioxidante, protegendo contra os danos provocados pelos radicais livres.

Assim, uma maneira conveniente de incorporar a vitamina C na rotina das crianças é considerá-la como uma opção de sobremesa após as refeições principais.

Através do consumo de uma goma mastigável diária ou de acordo com a orientação do médico ou nutricionista, é possível obter os benefícios dessa vitamina de forma prática.

Esse produto é livre de açúcar, substâncias artificiais, glúten e lactose, tornando-o uma alternativa adaptável às preferências e necessidades alimentares individuais.

Informações técnicas:

  • Marca: Essential Nutrition
  • Sabores: Morango, manga e maçã verde
  • Contagem de unidades: 60
  • Faixa etária: Crianças a partir de 4 anos e adultos

Prós: vitamina C, formato de gomas, variedades de sabores e praticidade de consumo.

Contras: Não encontramos contras para este produto

VERIFIQUE O PREÇO ATUAL

3. Belt Kids Zumba Polivitamínico e Polimineral 60 Gominhas rótulo Rosa

Este é um suplemento polivitamínico e polimineral em forma de gominhas com sabores de morango, abacaxi e maçã verde.

Projetado especialmente para crianças, ele oferece uma solução completa e balanceada para complementar a alimentação infantil.

Essas gominhas mastigáveis são livres de açúcar e corantes artificiais. Além disso, os ingredientes naturais, como a estévia, são utilizados na formulação.

Ele melhora o sistema imunológico ao fortalecer suas defesas naturais. Além de contribuir para a formação saudável de ossos e dentes. A presença de xilitol na composição auxilia na prevenção de cáries.

Também desempenha um papel na prevenção da anemia, fornecendo uma base nutricional sólida. Além disso, favorece a concentração e o desempenho escolar, contribuindo para um melhor rendimento acadêmico.
Informações técnicas:

  • Marca: Belt nutrition
  • Forma do produto: Gomas
  • Contagem de unidades: 60
  • alérgenos: ‎Leite, Soja, Peixe, Crustáceos
  • Sugestão de uso: 2 gomas por dia

Prós: Variedade de nutrientes, formato atrativo e facilidade de consumo

Contras: Algumas crianças podem não gostar da textura das gominhas

VERIFIQUE O PREÇO ATUAL

4. Gummies Kids – Vitaminas para Crianças – 30 Gomas – Inove Nutrition, Inove Nutrition, Incolor, Grande, pacote de 30

Essas gominhas oferecem uma maneira divertida e saborosa para as crianças obterem as vitaminas essenciais para o seu desenvolvimento.

No quesito imunidade, o produto oferece as vitaminas A, B6, B12, C, D, juntamente com os minerais Zinco e Selênio, que contribuem para o funcionamento eficaz do sistema imunológico.

A formação adequada de ossos e dentes é apoiada por esse grupo de nutrientes, promovendo um desenvolvimento saudável e estrutural. O combate aos radicais livres, que podem causar danos celulares, é potencializado por essas substâncias.

O funcionamento muscular também se beneficia dessa combinação de vitaminas e minerais. Vale destacar que as vitaminas A e B2 desempenham um papel crucial no metabolismo do ferro, o que pode contribuir para a manutenção de níveis adequados desse mineral essencial no organismo.

Informações técnicas:

  • Marca: Inove Nutrition
  • Sabor: Uva
  • Forma do produto: Goma
  • Tipo de suplemento primário: Vitamina C
  • Tipo de dieta: Sem glúten
  • Contagem de unidades: 30 gomas
  • Sugestão de uso: Uma gominha por dia
  • Faixa etária: Crianças

Prós: Variedade de vitaminas, formato atrativo e facilidade de consumo

Contras: A fórmula do produto pode conter ingredientes que não atendem a algumas restrições alimentares, como alergias a determinados componentes

VERIFIQUE O PREÇO ATUAL

5. Vitafor – Vita Bear Gummies – 60 Gomas De Frutas

É um suplemento alimentar em formato de gomas, composto por vitaminas e minerais essenciais. Essas gomas vêm em um formato de ursinho, com uma coloração roxa e um sabor natural de frutas.

É indicado tanto para crianças quanto para adultos, oferecendo uma maneira prática e saborosa de garantir a ingestão adequada de nutrientes vitais.

Cada goma contém uma combinação de vitaminas e minerais importantes para o crescimento e desenvolvimento. Esses nutrientes contribuem para a saúde dos ossos, sistema imunológico, função cognitiva etc.

O produto é formulado sem adição de açúcar refinado, atendendo às preocupações de muitos pais com relação à ingestão excessiva de açúcar pelas crianças.

Informações técnicas:

  • Marca: Vitafor
  • Forma do produto: Goma
  • Tipo de dieta: Sem glúten
  • Contagem de unidades: 60 gomas
  • Faixa etária: Crianças e adultos

Prós: formato atrativo, Sem Açúcar Adicionado e praticidade

Contras: algumas crianças podem não gostar da textura

VERIFIQUE O PREÇO ATUAL

6. Imunese Kids Líquido – 16 Vitaminas e Minerais Tutti Frutti – Ekobe

Este suplemento reúne 16 nutrientes, sendo compostos por 12 vitaminas e 4 minerais.

Essa fórmula atua como um aliado no estímulo ao desenvolvimento físico e mental de crianças e adolescentes.

A apresentação líquida é uma alternativa conveniente para crianças que têm dificuldade em engolir comprimidos ou gomas. A fórmula líquida é de fácil ingestão e absorção rápida.

O produto é especialmente formulado para fortalecer o sistema imunológico, oferecendo uma combinação de nutrientes que contribuem para a resistência natural do organismo contra doenças.

Além disso, é livre de açúcar e corantes artificiais.

Informações técnicas:

  • Marca: ZKMAGIC
  • Fabricante: ‎Ekobe
  • Sabor: Tutti Frutti

Prós: Formato líquido e reforço imunológico

Contras: Não encontramos contras para este produto

VERIFIQUE O PREÇO ATUAL

7. Poli Kids + Vitamin (240ml), Apisnutri

É um suplemento alimentar desenvolvido especialmente para crianças com idades entre 4 e 12 anos. Ele é composto por uma combinação de vitaminas do complexo B, incluindo B1, B2, B3, B5, B6, B7, B9 e B12, além de vitamina C e minerais essenciais como ferro e zinco.

As vitaminas do complexo B e a vitamina C auxiliam no funcionamento adequado do sistema imunológico, além de promoverem o crescimento e o desenvolvimento saudável dos ossos e dos tecidos.

Além disso, o produto possui minerais como ferro e zinco, que são importantes para o organismo infantil.

O ferro é necessário para a produção de glóbulos vermelhos e transporte de oxigênio pelo corpo, enquanto o zinco é essencial para o crescimento e a reparação dos tecidos.

A apresentação líquida do suplemento é prática e de fácil ingestão para crianças. Além disso, é formulada com um sabor agradável de morango que facilita a aceitação pelas crianças.

É formulado sem adição de açúcar, atendendo às preocupações de pais que buscam opções mais saudáveis para seus filhos.

Informações técnicas:

  • Marca: Apisnutri
  • Forma do produto: Líquido
  • Sabor: Morango
  • Faixa etária: Crianças de 4 a 12 anos
  • Sugestão de uso: Ingerir 10 ml ao dia

Prós: Sabor agradável, sem açúcar, variedade de vitaminas e líquido

Contras: Não encontramos contras para este produto

VERIFIQUE O PREÇO ATUAL

8. Revigoran Multivitamínico Kids Gummy – 30 Gomas – Nutrends

É um suplemento multivitamínico apresentado em forma de gomas mastigáveis, projetado com foco nas necessidades das crianças.

Uma característica notável desse produto é a sua formulação livre de gelatina, glúten, ovos e lactose, tornando-o uma opção mais abrangente para diferentes restrições alimentares.

As gomas contêm uma combinação de ingredientes visando apoiar o funcionamento do sistema imunológico e muscular das crianças.

Além disso, o suplemento desempenha um papel na manutenção dos níveis adequados de cálcio no sangue, um mineral fundamental para o crescimento saudável.

Informações técnicas:

  • Marca: Nutrends
  • Forma do produto: Goma
  • Tipo de suplemento primário: Vitamina B6, Vitamina B12, Vitamina A, Zinco, Vitamina C
  • Tipo de dieta: Sem glúten, halal, vegetariano
  • Sabor: Sem sabor
  • Contagem de unidades: 30 gomas
  • Faixa etária: Crianças de 4 a 10 anos
  • Sugestão de uso: Crianças de 4 a 8 anos: ingerir 1 gummy ao dia. Crianças acima de 9 anos e adultos: ingerir 2 gummies ao dia.

Prós: Formula multivitaminica, ausência de alérgenos e praticidade

Contras: Não encontramos contras para este produto

VERIFIQUE O PREÇO ATUAL

9. Polivitamínico Gummies Cat 30 gmms

Este polivitamínico foi especialmente desenvolvido para atender às necessidades das crianças a partir de 4 anos de idade.

Ele abrange uma variedade de áreas importantes para o desenvolvimento infantil. No que se refere à imunidade, as Vitaminas A, B6, B12, C e D, juntamente com o Ácido Fólico, trabalham em conjunto para fortalecer o sistema imunológico e manter a resistência do corpo.

Além disso, também visa apoiar a saúde óssea e dentária das crianças. A Vitamina D desempenha um papel crucial na formação adequada de ossos e dentes, enquanto a Vitamina K contribui para a manutenção dos ossos.

A visão também é uma área contemplada pelo suplemento. As vitaminas A e Riboflavina estão presentes para auxiliar na saúde ocular e na função visual das crianças.

Para manter níveis de energia adequados e promover um metabolismo eficiente, o produto conta com uma combinação de nutrientes.

As vitaminas B6, B12, C, Tiamina, Riboflavina, Niacina, Ácido Pantotênico e Biotina trabalham em conjunto para impulsionar o metabolismo energético e auxiliar na quebra de proteínas, carboidratos e gorduras.

Informações técnicas:

  • Marca: Catarinense Nutrição
  • Sabor: Tutti-frutti
  • Contagem de unidades: 30 Unidades
  • Forma do produto: Goma
  • Faixa etária (descrição): Criança
  • Cor: Multicolorido
  • Sugestão de uso: 1 a 2 unidades ao dia

Prós: Sabor e formato atraentes e conveniência

Contras: Não encontramos contras para este produto

VERIFIQUE O PREÇO ATUAL

10. Vitamina Infantil Solução Oral Tutti Frutti, Rosa, Lavitan, 240 ml

O Lavitan Infantil Patati Patatá é um suplemento vitamínico líquido rico em vitaminas do complexo B, vitaminas A, C e D que complementam a nutrição da criança.

As vitaminas B6, C e D auxiliam no sistema imune. Além disso, a vitamina D auxilia na formação de ossos e dentes.

A solução possui um sabor agradável de tutti frutti, tornando-a mais aceitável para as crianças. Isso facilita a administração do suplemento, evitando possíveis resistências.

A apresentação em forma de solução oral é de fácil ingestão para as crianças, especialmente para aquelas que têm dificuldade em engolir comprimidos ou cápsulas.

Assim, o produto é enriquecido com nutrientes específicos que auxiliam no desenvolvimento ósseo, cognitivo e imunológico das crianças, fornecendo um suporte abrangente.

Informações técnicas:

  • Marca: Lavitan
  • Cor: Rosa
  • Tipo de suplemento primário: Vitamina A
  • Tipo de dieta: Sem glúten, Vegano
  • Sabor: Tutti Frutti
  • Faixa etária: 0 a 10 anos
  • Sugestão de uso: Crianças de 0 a 11 meses: ingerir 2 mL, 1 vez ao dia. Crianças de 1 a 10 anos: ingerir 5 mL, 1 vez ao dia

Prós: solução oral, variedade de vitaminas, vegano e sem glúten.

Contras: Não encontramos contras para este produto

VERIFIQUE O PREÇO ATUAL

11. Vitamina D3 + K2 Kids 20ml 600 Doses – Uvits

Essa vitamina é formulada para auxiliar no fortalecimento das estruturas ósseas das crianças, proporcionando uma proteção contra possíveis danos.

Além disso, oferece benefícios para o sistema imunológico, o que contribui para a redução da probabilidade de infecções e doenças nas crianças.

A apresentação em formato líquido permite doses precisas, tornando a suplementação prática e personalizável para cada criança.

Informações técnicas:

  • Marca: Uvits
  • Forma do produto: Gota
  • Sabor: Sem sabor
  • Faixa etária (descrição): 1 a 18 anos
  • Sugestão de uso: uma gota diária

Prós: Formato líquido, praticidade, fortalecimento dos ossos e sistema imunológico

Contras: Sem sabor

VERIFIQUE O PREÇO ATUAL

A partir de que idade pode tomar vitamina para adolescência?

A decisão de introduzir suplementos vitamínicos nessa fase deve ser cuidadosa e baseada em orientações médicas.

Suplementos vitamínicos não devem substituir refeições saudáveis, mas podem ser considerados em certas situações.

Adolescentes com restrições alimentares específicas, dietas vegetarianas ou veganas estritas, ou condições médicas que afetam a absorção de nutrientes podem ser orientados por um profissional de saúde a tomar suplementos.

A idade exata para começar a tomar suplementos varia. Em casos específicos, um médico pode recomendar suplementação a partir dos 12 anos.

No entanto, consultar um pediatra ou um nutricionista é fundamental para determinar se a suplementação é necessária e qual a idade apropriada para iniciá-la.

A falta de vitamina para adolescência acarreta problemas?

A deficiência de vitaminas na adolescência pode levar a problemas de crescimento e desenvolvimento, comprometendo o sistema imunológico e aumentando o risco de doenças.

Além disso, pode afetar a saúde mental, causando problemas como a falta de concentração, fadiga e alterações de humor.

Vitamina para adolescência: não pule refeições

É fundamental entender que as refeições não são apenas momentos para saciar a fome, mas oportunidades para fornecer ao corpo as vitaminas e nutrientes essenciais para o seu funcionamento adequado.

Cada refeição perdida significa a possível perda de nutrientes vitais, como vitaminas A, C, D, E, K e várias vitaminas do complexo B.

Esses nutrientes são fundamentais para o fortalecimento do sistema imunológico, o desenvolvimento ósseo, a saúde da pele e muito mais.

Além disso, pular refeições pode afetar os níveis de energia e a capacidade de concentração dos jovens, o que pode prejudicar o desempenho escolar e a participação em atividades físicas.

Por isso, é essencial criar uma rotina alimentar equilibrada, incluindo café da manhã, almoço, jantar e lanches saudáveis.

Vitamina para adolescência muda de acordo com a faixa etária

A adolescência é um período de transformações físicas e emocionais, e as necessidades nutricionais variam ao longo dessas fases.

Durante os primeiros anos da adolescência (10-13 anos), as vitaminas C, D e A desempenham um papel importante no fortalecimento do sistema imunológico, no crescimento ósseo e na saúde da pele.

Nessa fase de rápido crescimento, o cálcio e a vitamina D são especialmente cruciais para a formação óssea adequada.

Na meia-adolescência (14-16 anos), as demandas energéticas aumentam devido às mudanças hormonais e ao aumento das atividades físicas.

Vitaminas do complexo B, como B6 e B12, são essenciais para o metabolismo de energia e a função cerebral. A vitamina E também desempenha um papel antioxidante para combater o estresse oxidativo.

Na última fase da adolescência (17-19 anos), as necessidades nutricionais se assemelham às dos adultos jovens.

O foco permanece em vitaminas antioxidantes, além de minerais como ferro e zinco para apoiar a imunidade e a saúde geral.

Vitamina para adolescência e sinais clínicos

A deficiência de vitaminas nessa fase pode apresentar sinais clínicos específicos, que os pais e adolescentes devem estar atentos.

A carência de vitamina D, por exemplo, pode manifestar-se através de fraqueza muscular, dores ósseas e baixa imunidade. Já a falta de vitamina C pode resultar em problemas de cicatrização e gengivas sensíveis.

A deficiência de vitamina B12 pode causar fadiga, tonturas e problemas de concentração, afetando o desempenho escolar.

Outro sinal a ser observado é a palidez, muitas vezes indicativa de falta de ferro e ácido fólico, podendo levar à anemia. A pele seca e problemas de visão noturna podem apontar para uma deficiência de vitamina A.

É importante ressaltar que apenas um profissional de saúde pode fazer um diagnóstico preciso. Caso haja suspeita de carência de vitaminas, um médico ou nutricionista deve ser consultado para avaliação e orientação adequadas.

Falta de vitamina para adolescência é alvo de estudo

Estudos têm se dedicado a investigar os efeitos da carência de nutrientes essenciais e como isso pode impactar o desenvolvimento dos jovens.

Pesquisas indicam que a deficiência de vitaminas na adolescência pode influenciar não apenas o crescimento físico, mas também a saúde mental e emocional.

A falta de vitamina D, por exemplo, tem sido associada a um maior risco de depressão e ansiedade. A insuficiência de vitaminas do complexo B pode afetar negativamente a função cognitiva e o humor.

Além disso, os estudos estão explorando como a falta de nutrientes específicos pode influenciar a predisposição a certas condições de saúde ao longo da vida.

Compreender essas conexões é essencial para desenvolver estratégias preventivas e intervenções eficazes.

Dessa forma, os pais, educadores e profissionais de saúde desempenham um papel fundamental em orientar os jovens em suas escolhas nutricionais.

Falta de vitamina para adolescência traz riscos de saúde

A falta de vitaminas nessa etapa pode acarretar consequências sérias para a saúde dos jovens.

A deficiência de vitaminas, como a vitamina D, pode resultar em problemas ósseos, enfraquecimento do sistema imunológico e aumento do risco de doenças crônicas.

A ausência de vitamina C compromete a cicatrização de feridas e a proteção contra infecções. Já a falta de vitamina B12 pode afetar o sistema nervoso e levar à fadiga constante.

Além disso, a deficiência de ferro pode levar à anemia, causando fraqueza, falta de energia e dificuldade de concentração.

A vitamina A é vital para a saúde ocular e imunidade, e sua carência pode resultar em problemas de visão e suscetibilidade a infecções.

Como tomar vitamina na adolescência?

Antes de iniciar qualquer suplemento vitamínico, é recomendado que os adolescentes se submetam a uma avaliação médica.

O profissional de saúde pode identificar deficiências específicas e orientar sobre as melhores opções de suplementação.

A automedicação deve ser evitada, pois doses inadequadas de vitaminas podem ter efeitos adversos.

A escolha de um suplemento deve levar em conta as necessidades individuais e as orientações do médico. Vitaminas como A, C, D e complexo B costumam ser relevantes para os adolescentes, mas cada caso é único.

A qualidade do suplemento também é importante, pois nem todos os produtos disponíveis no mercado são equivalentes em termos de eficácia e segurança.

Além disso, a suplementação nunca deve substituir uma dieta equilibrada e nutritiva.

Por isso, os adolescentes devem priorizar uma alimentação rica em frutas, vegetais, proteínas magras e grãos integrais, obtendo a maioria das suas vitaminas e nutrientes a partir dos alimentos.

Vitamina para adolescência – Vitamina D

A vitamina D contribui para o desenvolvimento ósseo, a função imunológica e muito mais. Ela é única, pois pode ser sintetizada pelo organismo através da exposição solar.

No entanto, muitos adolescentes passam mais tempo em ambientes fechados, o que pode levar à deficiência dessa vitamina.

Além da exposição ao sol, a dieta também desempenha um papel importante. Alimentos como peixes gordurosos (salmão, sardinha), ovos, cogumelos e alimentos fortificados são boas fontes de vitamina D.

A deficiência de vitamina D na adolescência pode ter implicações significativas. Além de enfraquecer os ossos, pode aumentar o risco de infecções e afetar o humor e a saúde mental.

Uma deficiência prolongada pode também influenciar a saúde óssea na vida adulta.

Vitamina para adolescência – Vitamina C

A vitamina C além de fortalecer o sistema imunológico, desempenha um papel fundamental na síntese de colágeno, na absorção de ferro e na saúde da pele.

Uma das principais funções da vitamina C é fortalecer as defesas do corpo, auxiliando na prevenção de doenças e infecções comuns nessa fase.

Além disso, contribui para a saúde da pele, ajudando na cicatrização de feridas e no combate aos danos causados pelos radicais livres, que podem ser intensificados devido às mudanças hormonais.

Para garantir uma ingestão adequada de vitamina C, é recomendado incluir alimentos ricos nesse nutriente na dieta.

Frutas cítricas, como laranja, limão e kiwi, bem como morangos, pimentões e brócolis, são excelentes fontes de vitamina C.

Vitamina para adolescência – Complexo B

O complexo B é um grupo de vitaminas essenciais para a saúde, desempenhando papéis vitais na produção de energia, função cerebral e bem-estar mental.

As vitaminas do complexo B, como B1, B2, B6 e B12, são fundamentais para a conversão de alimentos em energia. Isso é especialmente importante para os adolescentes, que muitas vezes têm demandas energéticas elevadas devido ao rápido crescimento e atividades físicas.

Além disso, essas vitaminas também são essenciais para o funcionamento adequado do sistema nervoso, apoiando a função cerebral e o equilíbrio emocional.

A vitamina B12, por exemplo, desempenha um papel crucial na produção de células vermelhas do sangue e na saúde do sistema nervoso.

Uma deficiência dela pode levar à fadiga, problemas de concentração e até alterações de humor.

Para garantir a ingestão adequada de vitaminas do complexo B, é recomendado manter uma dieta variada, que inclua alimentos como carne magra, aves, peixes, ovos, grãos integrais, legumes e laticínios.

Qual a diferença entre vitamina para adolescência e suplementos?

As vitaminas são nutrientes essenciais encontrados naturalmente em alimentos diversos. Durante a adolescência, uma alimentação balanceada que inclua uma variedade de frutas, vegetais, proteínas magras e grãos integrais deve ser priorizada para fornecer as vitaminas necessárias.

Vitaminas como A, C, D e E são cruciais para várias funções do corpo, desde a saúde óssea até a função imunológica.

Por outro lado, os suplementos são formas concentradas de nutrientes que podem ser tomados em forma de pílula, cápsula, líquido, entre outros.

Eles são recomendados quando uma deficiência nutricional específica é identificada por um profissional de saúde, e uma dieta equilibrada não é suficiente para corrigir essa carência.

A suplementação deve ser orientada por um médico, pois o excesso de certos nutrientes também pode ser prejudicial.

Qual melhor vitamina para adolescente? Qual é indicada por médicos? Quanto tomar?

A vitamina D é essencial para o desenvolvimento ósseo e a imunidade, enquanto a vitamina C fortalece as defesas do corpo e promove a saúde da pele.

As vitaminas do complexo B, incluindo B12, são fundamentais para a produção de energia e a função cerebral.

A dosagem exata depende das necessidades individuais e deve ser determinada por um médico ou nutricionista.

O excesso de algumas vitaminas pode ser prejudicial, portanto, a suplementação deve ser feita de acordo com as orientações profissionais.

Vitamina para abrir o apetite

A vitamina B1, também conhecida como Tiamina, é responsável por contribuir para o adequado metabolismo energético do corpo, podendo exercer uma influência indireta sobre o apetite.

A vitamina B6, ou Piridoxina, desempenha um papel crucial na produção de neurotransmissores que têm impacto tanto no humor quanto no apetite.

O zinco, por sua vez, pode afetar o paladar e o olfato, dois componentes essenciais que influenciam a percepção dos alimentos e, consequentemente, estimulam o apetite.

Além do seu reconhecido papel na saúde óssea, a vitamina D também possui uma função na regulação hormonal, a qual pode desempenhar um papel na influência sobre o apetite.

Por fim, a vitamina C desempenha um papel importante na absorção de ferro, um mineral crucial para o transporte de oxigênio e o metabolismo energético.

Vitamina para crescimento na adolescência

Embora não haja uma única vitamina mágica que impulsione o crescimento, algumas desempenham papéis cruciais para um desenvolvimento saudável.

A vitamina D é fundamental para a absorção adequada de cálcio, essencial para a formação óssea. A vitamina A contribui para o desenvolvimento celular, incluindo ossos e tecidos.

As vitaminas do complexo B, como B6 e B12, estão envolvidas no metabolismo de proteínas e aminoácidos, fundamentais para o crescimento dos músculos.

Vitaminas para jovens estudantes

Certas vitaminas são especialmente relevantes para jovens estudantes, fornecendo suporte para a função cerebral, a concentração e a saúde geral.

A vitamina B6, por exemplo, é essencial para a produção de neurotransmissores que influenciam o humor e a cognição.

A vitamina C fortalece o sistema imunológico, protegendo contra doenças que podem afetar a frequência escolar. A vitamina D desempenha um papel na saúde óssea e na regulação do humor.

Além disso, o ácido fólico (vitamina B9) é importante para a saúde mental e pode ajudar a reduzir o estresse e a ansiedade. O ferro é essencial para prevenir a fadiga e manter os níveis de energia.

Vitamina b12 na adolescência

A vitamina B12 é fundamental para a formação dos glóbulos vermelhos, que transportam oxigênio pelo corpo, mantendo os níveis de energia.

Além disso, ela desempenha um papel importante na função cerebral, auxiliando na memória, concentração e no bom funcionamento do sistema nervoso.

A falta de vitamina B12 pode levar à anemia, causando fadiga, fraqueza e dificuldade de concentração.

Adolescentes que seguem dietas restritivas, vegetarianas ou veganas podem estar em maior risco de deficiência de B12, uma vez que essa vitamina é encontrada principalmente em produtos de origem animal.

FAQ: Perguntas Frequentes

Qual a melhor vitamina para juventude?

A melhor vitamina para a juventude é a vitamina D, ela é crucial para o desenvolvimento ósseo e a imunidade, enquanto a vitamina C fortalece o sistema imunológico e promove uma pele saudável.

As vitaminas do complexo B, como B6 e B12, contribuem para a produção de energia, função cerebral e saúde mental.

A vitamina A é essencial para a saúde ocular e a saúde da pele, enquanto a vitamina E é um antioxidante que ajuda a proteger as células contra danos. O ácido fólico (vitamina B9) é importante para a saúde do sistema nervoso e do coração.

Qual o melhor polivitamínico mais completo?

Com base na nossa lista apresentada o melhor é o Alpha Kids da marca Pura Vida. Ele é um blend de vitaminas e minerais que são matéria prima necessária para reforçar a saúde das crianças: ossos, pele, músculos, cabelos, unhas, órgãos internos, cérebro e os demais sistemas do organismo.

Qual o Polivitamínico mais vendido?

O polivitamínico mais vendido em 2023 é o Alpha Kids Multivitamínico Premium da marca Pura Vida.
O produto é vendido em cápsulas mastigáveis e tem alta concentração de nutrientes.

Como saber se o Polivitamínico é bom?

Verifique a lista de ingredientes para garantir que o polivitamínico contenha uma variedade de vitaminas e minerais essenciais. Assim, priorize produtos que ofereçam uma gama abrangente de nutrientes.

No entanto, verifique se a dosagem de cada vitamina e mineral atende às recomendações diárias. Excesso de nutrientes também pode ser prejudicial, portanto, a dosagem deve ser equilibrada.

Escolha marcas confiáveis e respeitadas no mercado. Pesquise avaliações e opiniões de consumidores. Alguns produtos possuem certificações de qualidade, como selos de garantia de boas práticas de fabricação.

É saudável tomar polivitamínico?

Sim, pessoas com deficiências nutricionais, dietas restritivas ou condições médicas podem se beneficiar mais desses suplementos. Por outro lado, o excesso de certos nutrientes pode ser prejudicial.

Por isso, é importante consultar um profissional de saúde antes de começar a tomar.

Conclusão

Neste artigo, apresentamos uma lista dos 11 melhores polivitamínicos disponíveis no mercado, com base em suas informações técnicas, pontos positivos e negativos.

Discutimos também a importância de não pular refeições para garantir a ingestão adequada de vitaminas, bem como a importância de adaptar os polivitamínicos de acordo com a faixa etária.

Abordamos a relação entre a falta de vitaminas na adolescência e possíveis sinais clínicos, e destacamos a necessidade de estudos mais aprofundados sobre o assunto.

Ressaltamos também que o uso de polivitamínicos deve ser orientado por um profissional de saúde, como médicos e nutricionistas, para garantir a sua eficácia e segurança.

Pois cada caso é único e necessita de uma avaliação personalizada. Deseja explorar mais informações sobre o assunto? Descubra outros artigos em nosso site!

Veja também